Todo o conteúdo do blog é apenas uma forma de compartilhar informações encontradas nos livros, internet, revistas etc.

Antes de qualquer coisa, procure um profissional especializado!

domingo, 17 de março de 2013

Cuidados Antes da Gravidez

 

Exames Ginecológicos

 Papanicolau - durante a gravidez não se costuma fazer o exame. Ele só volta a ser realizado seis meses depois do nascimento do bebê. Por isso vale a pena fazer antes de engravidar.
Exame para detectar a presença da bactéria clamídia - muitas vezes não apresenta sintomas, mas pode ser prejudicial à gravidez ou à fertilidade.

Exame de Urina

 Para detectar possível presença de bactéria e infecção urinária. As infecções no trato urinário podem estar associadas a probemas como aborto espontâneo, baixo peso dos bebês ao nascer ou parto prematuro, por isso é sempre bom garantir!

Exames de Sangue

 O ginecologista deve pedir um hemograma completo, para verificar se você está com anemia ou algum outro indicador alterado. Serve para verificar a saúde geral da futura mamãe, detecta carência de vitaminas entre outros fatores importantes.
   Dependendo da região do país, o médico pode pedir exames de sangue para detectar se você carrega genes para doenças como anemia falciforme (mais comum em negros), talassemia alfa (mais comum em sul-asiáticos), talassemia Beta (comum em casais de ascendência mediterrânea) e doença de Tay-Sachs (mais comum em judeus), que podem ser transmitidos para o bebê.


Nos exames de sangue o médico também pode verificar se você tem imunidade para doenças como hepatite B, rubéola, toxoplasmose e citomegalovirose. Entre os testes também haverá exames diagnósticos para sífilis e HIV/Aids. A detecção dessas doenças, antes da gravidez, é essencial para o médico fazer o acompanhamento da gestação e do bebê.  


Tipagem sanguínea e fator RH: se o sangue da mãe for RH positivo não haverá qualquer incompatibilidade com o sangue do bebê, mesmo se ele for RH negativo; e no caso de incompatibilidade, em alguns casos, basta tomar uma vacina chamada anti-D que reduz as chances a zero.
  


Glicemia: detecta a presença de diabetes.
 Fezes: detecta parasitas e bactérias responsáveis por doenças que promovem a perda de ferro.


Saúde Bucal

Outra dica importante é estar com a saúde bucal em dia. Aproveite para fazer aquela revisão, limpeza e restaurações...enfim, tudo que estiver pendente! Evite sustos quando estiver grávida. 
 Portanto, vamos praticar a escovação, uso do fio-dental, bochechos e visitas periódicas ao Dentista.


Verificação da Pressão Arterial

Mulheres que têm pressão alta (hipertensão) correm mais risco de sofrer de pré-eclâmpsia durante a gravidez e de apresentar problemas com a placenta, por isso é bom controlar a pressão arterial antes de engravidar. 

 Vacinas

 É possível prevenir malformações e até o aborto espontâneo, em alguns casos, com a vacinação. O exame de sangue detectará se você precisa ser vacinada contra a rubéola. Se o exame mostrar que você não tem imunidade para a doença (porque nunca teve rubéola ou nunca foi vacinada), deverá tomar a vacina antes de tentar engravidar.
Se você nunca teve catapora, o médico pode recomendar que você se vacine contra a doença, porque ela pode afetar o bebê se você adoecer grávida. Outra imunização possível é contra a hepatite B, dependendo do resultado do seu exame de sangue, e talvez um reforço da vacina antitetânica, para não ter de tomar durante a gravidez.

Suplemento de Ácido Fólico

  Defeitos na formação do tubo neural do bebê são evitados em grande parte com a suplementação de ácido fólico. A orientação é que mulheres que estejam pensando em engravidar tomem pelo menos 400 mcg de ácido fólico por dia, mantendo a suplementação até pelo menos a 12ª semana de gravidez.

É um comprimidinho que deve ser tomado uma vez ao dia. Ele não serve para ajudar a engravidar, e sim para evitar problemas no bebê.
É importante começar a tomar o suplemento antes porque a formação do tubo neural acontece no princípio da gestação, quando, muitas vezes, a gravidez ainda nem foi detectada pela mulher. Em alguns casos, os médicos podem recomendar uma dose bem maior de ácido fólico, de 5 mg por dia.

Esclarecimento de Dúvidas

Na consulta com o ginecologista, aproveite para falar de qualquer outra preocupação que possa ter. Caso tome algum medicamento regularmente, veja se é preciso mudar a dose ou o tipo de remédio. Não deixe de mencionar outros tratamentos que esteja fazendo. Não é seguro, por exemplo, tomar drogas antiacne fortes durante a gravidez.
Determinados remédios, aparentemente inofensivos, também não são recomendados. Portanto, você precisará saber quais são eles - para evitar tomar quando estiver tentando. Afinal, você pode já estar grávida e nem sabe.
Talvez o ginecologista prefira que você se consulte também com outro especialista para ajustar medicamentos ou esclarecer dúvidas. 

 Exames e Aconselhamento Genético

É pequeno o número de bebês que nasce com algum problema - fica entre 1% e 2%. Todavia, você deve procurar aconselhamento genético se houver um histórico de doenças hereditárias na sua família ou na de seu parceiro. 

 Parar de Fumar, de Beber ou de consumir Drogas

Há inúmeras provas científicas de que o tabagismo, o consumo de drogas e as bebidas alcoólicas fazem mal tanto para o bebê quanto para a mãe, por isso o ideal é eliminar o hábito antes de engravidar.
O médico pode orientá-la a adotar um programa para abandonar o cigarro antes da gravidez. Se você bebe muito ou usa drogas, pense com carinho na possibilidade de procurar ajuda especializada antes de tentar engravidar.
PicPanda.com✿ܓEdineide
PicPanda.comPicPanda.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você tem um companheiro? Como ele encara a idéia de ter filhos?