Todo o conteúdo do blog é apenas uma forma de compartilhar informações encontradas nos livros, internet, revistas etc.

Antes de qualquer coisa, procure um profissional especializado!

sábado, 16 de março de 2013

Consulta Pré-Concepcional

 Sentir-se física e emocionalmente disposta para a gravidez é super importante, principalmente para mulheres a partir dos 35 anos, assim como eu (36 aninhos), que planejam ser mãe.
Isto porque, a disposição afeta significativamente a fertilidade e a gestação. Durante a gravidez, o corpo da mulher suprirá primeiro as necessidades do bebê. Assim, faz-se necessário atingir as melhores condições antes da gestação (como alimentar-se de forma saudável, fazer exercícios físicos e consultar um médico meses antes da concepção).
 

Comecemos, então, pela AVALIAÇÃO MÉDICA!
Ainda que você seja uma pessoa saudável, o ideal é consultar um médico antes de tentar engravidar.
Nessa consulta, ele avaliará seu estado geral de saúde, sua alimentação, a necessidade de tomar suplementos, bem como analizará os remédios que toma.
 


 Outra razão para consultar seu médico é a existência de doenças genéticas na família do casal. Em muitos casos, é possível realizar testes para verificar se há riscos para o bebê.
Portanto, INFORME-SE!

Você poderá descobrir:
1) Como determinado problema de saúde pode afetar a sua gravidez;
2) Se precisa trocar os medicamentos que vêm tomando ou interrompê-los;
3) Se existe risco de uma doença genética e quais exames poderá realizar;
4) Se é preciso tomar suplemento de ácido fólico para evitar anomalias no tubo neural do bebê;
5) Se está em condições de engravidar ou precisará de algum tempo para perder ou ganhar peso;
 6) Se precisa melhorar a alimentação.

Acredite ou não, o embrião, de duas a três semanas, já começou a desenvolver seu coração e cérebro.Por isso, sua saúde em geral e hábitos alimentares podem influenciar o crescimento desses órgãos, bem como preparar seu corpo para a gravidez.
 

 

Exames de Rotina
Uma boa idéia é fazer uma avaliação física com um clínico geral. Nessa consulta ele irá aferir a pressão, verificar a necessidade de alguma vacina, certificar-se de que não está anêmica e examinar sua tireóide.
 
 Igualmente, deverá agendar o ginecologista. Atualizar o papanicolau, exames pélvico e das mamas. Aproveite e leve junto o futuro papai, se possível, pois assim os dois poderão fornecer os históricos de saúde. A visita pré-concepcional é uma oportunidade para que seu médico possa identificar áreas de preocupação, mesmo antes de engravidar.




Imunidade a Doenças

É super importante fazer um exame de sangue. Principalmente para verificar se você é imune à rubéola.
Se contraída durante a gestação, a doença é perigosa para o bebê, pois pode causar surdez, catarata, doenças cardíacas e, até mesmo, morte no feto.
Caso não esteja imune, é preciso tomar vacina e esperar, pelo menos três meses ou o período indicado pelo médico, para tentar engravidar.


Infecções

 Também é aconselhável realizar exames para detectar infecções que possam ser prejudiciais à gestação ou ao bebê. As infecções corriqueiras, como a gripe e o resfriado comum, não causam nenhum dano.
A catapora e a rubéola são problemáticas se contraídas perto da concepção ou durante a gravidez. Se você não sabe se teve essas doenças, peça ao médico que verifique sua imunidade. Você poderá ser vacinada antes de engravidar.
 Os testes de HIV, Sífilis, Hepatites B e C, também são recomendados.
O teste de imunidade à toxoplasmose (infecção que pode ser adquirida nas fezes dos gatos) também é rotineiro, já que a doença pode afetar o bebê causando cegueira ou retardamento mental. As mulheres acima de 35 anos de idade, em sua maioria, já estão imunes ao parvovírus e à toxoplasmose. Enquanto tenta engravidar (e durante a gestação), você pode reduzir o risco da doença pedindo ao seu parceiro para cuidar da caixinha higiênica do seu gato e lavando sempre as mãos antes de mexer em carne crua.
 
Diagnóstico Genético
Se houver casos de doenças hereditárias em sua família ou na de seu parceiro, como síndrome de Down ou fibrose cística, você pode ser aconselhada a passar por um estudo genético. Um médico geneticista pode informar se o seu bebê corre risco de apresentar uma doença genética e quais os exames disponíveis.


Doenças de Alto Risco
Certas doenças (preexistentes) podem influenciar suas chances de engravidar ou oferecer riscos à sua saúde ou à do bebê. Portanto, consulte um médico antes de tentar engravidar, principalmente se tiver algum dos problemas a seguir:
 Diabetes
Disfunções da Tireóide (Hipotireoidismo)
Lúpus Eritematoso Sistêmico
Hipertensão
Depressão (verificar possível mudança de remédio)
Acne (verificar possível mudança de remédio)
Epilepsia
Asma
 Anemia
Hepatite C ou infecção por HIV
Obesidade, peso abaixo do normal ou disfunções alimentares


Se estiver tentando engravidar, é importante que sua alimentação seja saudável. O suplemento de ácido fólico (400mcg/dia) será preciso para reduzir o risco de anomalias no tubo neural do bebê. Se tiver problemas com a balança, é melhor tratar de perder peso!

PicPanda.com✿ܓEdineide
PicPanda.comPicPanda.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você tem um companheiro? Como ele encara a idéia de ter filhos?